E então, o que esperar do show?

Estamos a uma semana somente de ver a banda de novo no Brasil, após longos 15 anos. E a gente começa a pensar “o que vai riolar no show? O que vão tocar? Haverá crowd surfing?”, entre outras coisas.

Para manter a brincadeira rolando, vou fazer algumas previsões sobre os shows:

Será o mesmo show nas 3 cidades?

Duvido muito, pelo histórico da banda e por terem feito sets diferentes em noites diferentes naúltima vez em que estiveram aqui. Acho que a tendência inclusive é variar os sets, com uns 30% de diferença entre um show e outro. Porém, acredito que vão trabalhar só com 2 sets diferentes, repetindo um deles no terceiro show (Porto Alegre).

Os shows seguirão os setlists recentes?

Acho dificil, por 2 motivos:

  1. Os shows recentes foram no Reino Unido, onde as pessoas estão acostumadas a ver a banda cada 4 meses.
  2. A distância entre a última tour e essa no Brasil é muito longa para que a banda foque apenas em repertório de músicas mais recentes

Enfim, aposto em sets diferentes dos últimos.

Vamos ver muitas músicas do Sounds That Can’t Be Made?

Aposto que, das 4 músicas do disco executadas ao vivo recentemente (“Gaza”, “Power”, “Sounds That Can’t Be Made” e “The Sky Above the Rain”), cada show no Brasil terá 2 delas. Noites diferentes terão pares de músicas diferentes.

Eu gosto TANTO da fase Fish…será que eles tocam algo?

A banda vem tocando músicas desse período nos sets, mais notadamente Garden Party e Sugar Mice. Acho que essas mais Kayleigh podem aparecer sim.

O que será que vão tocar?

Vou fazer uns chutes que são meio observação e meio esperança, dividindo as músicas em 2 grupos: “certamente tocarão” e “pode ser que toquem”.

Certamente tocarão

Gaza, Power, Sounds That Can’t Be Made, The Sky Above the Rain, Beautiful, Neverland, Splintering Heart, Sugar Mice, You’re Gone, Fantastic Place, Garden Party, Cover my Eyes, Easter, The Great Escape

Pode ser que toquem

Ocean Cloud, This Strange Engine, Three Minute Boy, King, The Invisible Man, A Voice From The Past, The Other Half, Kayleigh, Splintering Heart, Real Tears For Sale, Fantastic Place, A Few Words for the Dead, Enlightened, Man of a 1000 Faces,  Wave/ Mad, The Uninvited Guest, This Town / The Rakes Progress / 100 Nights

Existe algo que pode afetar a performance da banda?

Em uma entrevista para o site Witheverytearadream, Ian Mosley disse que a banda não virá com seu equipamento. Isso pode afetar diretamente não a performance, mas o setlist da banda, já que algumas músicas são pesadamente dependentes do equipamento da banda. É aguardar e ver.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s